quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Esperando pelo velho Noel...


E quando o natal chegar eu irei correr até a janela, e ficar ali, parado, esperando pelo presente que pedi ao velho senhor de barbas brancas. Todo ano é certo de que vou gostar do meu presente, mesmo quando não é o que pedi. E olha que já nem sou mais criança... Mais fazer o que se me acostumei a ganhar os mimos no natal. Os embrulhos da arvore nem sempre me agradam, não são mágicos como os do velho Noel.
Mais vez ou outra me pego pensando o que será dos meus natais quando chegar o dia que o velho senhor de barbas brancas não aparecer... Acho que o encanto do natal irá acabar. E ao invés de sorrisos pela manhã, encontrarei lágrimas nas meias vazias penduradas na janela da sala de estar.
Que estranho pensar que irei sentir falta de alguém que nunca vi que sempre surgiu quando o sono já me vencia...
Alguém que sempre me deixou lembranças virar uma lembrança... Talvez quando este natal chegar eu não espere com a janela aberta.

(Um outro natal – Leonardo Kifer)

Um comentário:

  1. tu és louco.mas louco é quem me diz que não é feliz.

    ResponderExcluir