sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Às vezes...

Escrevo,
E apago tudo que começo a rabiscar...
Talvez as idéias para um novo texto não são as melhores, as mais criativas,
Mas às vezes elas apenas estão soltas em mim...
E é nessa hora que preciso junta-las.
Escrevendo vou contando em palavras momentos que vivi,
Ou às vezes só quis viver.
Rabiscando personagens de contos,
Crio histórias que às vezes me ajudam superar a dor.
E se preciso falar de amor,
Rascunho um castelo,
E coloco nele a mais linda das princesas...
Se o amor é impossível,
Escrevo as possibilidades,
Só pra poder ter um final feliz...
Se tiver que escrever sobre mim,
Uso códigos, codinomes que me afastam dos olhares tiranos.
E se falo do passado,
Procuro não resgatar as marcas,
Pois do passado só quero o futuro que não vivi,
Onde só existem sonhos,
E as ilusões estão apagadas...

(Tempo - Leonardo Kifer)

Nenhum comentário:

Postar um comentário